domingo, 20 de dezembro de 2009

FAÇO DESSA LETRA A MINHA ORAÇÃO.


Quando tudo parece estranho ao redor

Buscar tua face é preciso, Deus

Quando a gente não sabe o que está ocorrendo

Buscar tua face é preciso, Deus

Quando a fúria dos ventos vem contra nós

E a vontade é sumir e calar a voz

É nessa hora que a gente precisa lutar

E jamais desistir

Justamente agora é o momento de se humilhar

E buscar a face de Deus

Mirar no alvo das portas do inferno

E arremeter com fúria e fé contra elas

Completamente ungido e revestido de poder

Equipado com as armas de guerra

Não parar de orar

Não parar de adorar

Não parar de profetizar

Não parar de interceder
Não parar de vigiar

Não parar de lutar

Não parar de sonhar, não parar

Não desistir do chamado

A NOTICIA: RAYSSA DESENGANADA PELA MEDICINA.

POR FAVOR NÃO FAÇAM USO INDEVIDO DESAS IMAGENS, NÃO COPIE.MEU AMOR, MINHA VIDA, MINHA ALEGRIA, PENSAR EM VC ME ACALMA, MEU TUDO. ATÉ BREVE.



RAYSSA E A PRIMA MAYARA, MINHAS DUAS PRINCESAS.

Eu peço, por favor, que não use as fotos da minha filha para nenhuma espécie de divulgação (internet), por favor, vou por as fotos menos impactante para quem haviu ate o inicio do tratamento, mas depois ficou bem mais fortes essas ultimas eu não irei divulgar. O meu intuito não é criar sensacionalismo ou impressionar os seguidores e sim declarar como sou forte com o amparo do Deus que eu sirvo.

CONTINUAÇÃO.......



Logo que vi os olhos da minha filha aberto eu imaginei, agora ela suportou a cirurgia e vamos terminar o tratamento em casa certo! Não errado, apesar de a Rayssa ter conseguido suportar a cirurgia todos os seus movimentos foram comprometido, ela ficou sem movimento algum apenas os olhos e às vezes, poucas vezes ela mexia o pescoço e não conseguia responder a os estímulos do respirado, não podíamos receber alta enquanto ela dependesse do respirado. Trocamos de quarto e fomos pra o isolamento e eu comecei a perceber que a situação ainda estava muito grave mais não poderia mensurar o quanto, até que um dos médicos que estava acompanhando o tratamento pediu para conversar comigo e eu atendi o seu chamado, ela me levou para um hall antes da porta principal da UTI, pediu para que eu sentasse-me e me mantive-se calma, que sentia muito por tirar a alegria que eu estava por achar que aquela cirurgia iria acabar com nosso sofrimento, mais ele tinha que cumprir a papel dele e o seu compromisso com a verdade, que ele sentia muito mais a minha filha estava morrendo, que eu e meu esposo poderíamos já providenciar o cachão da minha filha, pois ela só tinha mais algumas horas de vida, eu comecei a chorar e lhe perguntei mais ela acordou vcs disseram que ela não suportaria a cirurgia e ela esta La super consciente como isso poderia acontecer, ele me respondeu que tinha sido muita sorte que nem ele sabia como me explicar àquela recuperação repentina, porem os exames dizia outra coisa! Mostrava que o tumor estava bem maior quase o dobro e era esse o motivo da perca dos movimentos, o tumor havia comprimido toda a parte motora dela. Eu fiquei arrasada cai nos braços do meu marido e me entregue ao desespero, o medico me deu um abraço e me disse me perdoa por ter que te dar essa noticia mais eu não posso mentir, vc precisa se preparar para o pior por que vai acontecer talvez daqui 2 horas, no maximo uma sobre vida de um semana não passara disso. Eu entendi o medico (DR. Claudio Oncologista), eu não aceitaria que me omitisse qualquer diagnostico por pior que fosse. Sai para o corredor sozinha e comecei a conversar com Deus, dizia a Ele que tirasse as escamas dos meus olhos para eu consegui ver o Seu milagre, que eu não aceitaria outra coisa que não fosse Seu milagre, que eu não iria mais me abater diante daquela situação que eu só iria confiar Nele, me acalmei para voltar para o quarto para que ela não enxergasse resquício de tristeza em mim, para que ela me olhasse e cresse que Deus iria tira-la dali. Para a Rayssa estava tudo muito estranho ela entrou no hospital molinha, sem resposta deitou na maca e dormiu, quando acordou já espertinha ela esta com uma válvula na cabeça, provavelmente com dores e não conseguia fala com uma mangueira na boca ate os pulmões, de volta para aquela UTI devia esta tudo muito confuso para ela, e eu não poderia mostrar fraqueza então me recompus entrei no quarto e fiquei ao lado dela, os bracinhos dela estavam amarrados na lateral da cama, caso ela acordasse e tentasse arrancar o tubo. Eu pedi para o medico me deixa soltar os braços da minha filha, eu ficaria o tempo todo ao lado dela e ela não iria arrancar o tubo e ele respondeu não mesmo ela não vai se mexer nunca mais, e eu disse nunca mais é muito tempo, e ele me disse é verdade ela não tem muito tempo, eu o respondi isso quem vai determinar é Deus pois a ultima palavra pertence a Ele, voltei soltei os braçinhos dela e fiquei o tempo todo segurando na mãozinha dela, e cantei muitas musicas que ela gostava e ela piscava para mim com um sinal que estava gostando conversava o tempo todo com ela e dizia Jesus esta te curando vc é minha e eu sou sua pra sempre, me promete que vai ficar comigo pra sempre e ela piscou bem forte, quando uma lagrima rolou em meu rosto e imediatamente a expressão do rostinho dela mudou e ficou triste, eu pedi perdão imediatamente e disse mamãe não esta triste eu estou bem olha já estou sorrindo e novamente ela voltou a seu rostinho angelical. Desculpe-me não consigo prosseguir lembrando-me daquele rostinho me consolando, e hoje olho para todos os lados e só acho aqueles olhos através de fotos, aonde não sinto mais aquela respiração o coração não puçá junto com o meu, e exala saudades em mim.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

A VOLTA PARA O HOSPITAL

TIA KELLY E RAYSSA (TITIA XEXELENTA COMO A RA DIZIA)


Ola demorei mais voltei, impressionante como esses últimos dias foram corridos, acordando as 06:00 hr da manhã e quase não dava tempo pra fazer tudo!!!.... Verdade
Mais esses dias não foram suficiente para me fazer eu esquecer se quer um estante da minha pequenina, esse clima de natal mexe muito comigo todos os lados que olho vejo uma família com seus filhos, o único assunto é o natal, é inevitável eu me lembro dos nossos natal juntas como eu já citei em outras postagem eu sabia que era muito feliz e aproveitava muito dessa felicidade. Apesar de saber do verdadeiro sentido do natal que é o nascimento de Jesus que isso basta para ser especial, mais as crianças entende natal como ganhar presente né rss...
E nos aproveitávamos e nos divertíamos.

Vamos continuar a historia......


No 14º dia que a Rayssa estava em casa notei que ela havia tido uma recaída muito grande especialmente nos últimos 3 dias, achei melhor leve-la para hospital. Sempre que tínhamos consulta ela reclamava para ir, não saia de jeito nenhum de frauda nem com a causa tampando, naquele dia ela não demonstrou nenhuma expressão de resistência ai eu senti que era mais grave do que eu esperava, peguei minha filha no colo e senti que não traria mais ela pra casa.
Ao chegarmos no hospital eu disse para a Dra que ela estava o dia inteiro sem comer e que eu notei que nem o liquido descia mais, a Dra me tranqüilizou dizendo que ela só estava desidratada que um sorinho iria animá-la novamente, subimos para o quarto e ela ficou tomando soro e inalação, já havia 2 semanas que eu não ia a nenhum culto, pois a Rayssa não ficava com ninguém que não fosse a mamãe, minha mãe sugeriu para eu ir a um culto enquanto ela dormia que talvez quando eu voltasse ela poderia ter recebido alta, eu perguntei para a medica e ela disse para eu ir pois seria bom para mim quando eu voltasse o sorinho já teria terminado e ela estaria animada novamente, fui para o culto orei muito, louvei a Deus de todo o meu coração, clamei, clamei muito por sua providencia, chorei e me aliviei sai da igreja com certeza que ela estava comigo em todos os momentos. Quando sai da igreja liguei para minha mãe para avisá-la que já estava chegando, e ela me dissesse vc esta perto e logo perguntei o que aconteceu e ela me disse vem rápido pra ca a Ra não esta bem, ela não melhorou e a Dra pediu um exame e diagnosticou hidrocefalia ela foi para uma cirurgia de urgência, quando eu cheguei no hospital ela tinha acabado de entrar na sala e minha mãe estava do lado de fora, eu fiquei desesperada e metralhei ela de perguntas, a medica apareceu no corredor e veio me explicar o que aconteceu, que ela estava com água acumulada na cabeça e seria preciso uma cirurgia para por uma válvula na cabeça que desceria ate o estomago para dispensar aquele excesso de liquido, e por muita sorte foi diagnosticado a tempo e que a cirurgia no estado dela era de alto risco, desabei a chorar e comecei a orar e pedir o livramento para Deus, a cirurgia demorou para acabar quando as portas do centro cirúrgico abriu foi um choque, ela estava com a cabeça enfaixada e intubada nunca imaginei ver meu bebe daquele jeito, fomos para o quarto ela entrou na frente com as enfermeiras pois precisava arrumar o quarto, quanto entrei no quarto tinhas um monte de aparelho nela e uma mangueirinha que saia de dentro da sua cabeça, eu não podia encostar nela, pois o risco de infecção era muito grande pois era um canal direto para sua cabeça, havia uma régua que media a altura da cama e de uma bolsa transparente que caia o liquido que era drenado da cabeça através da mangueirinha, dias sofridos agora tínhamos que orar para ela voltar, pois no caso dela a anestesia ajudava a induzir o coma e com se chamasse o celebro para apagar e não voltar mais,foi uma grande expectativa, lembro-me que no outro dia cedo a medica me avisou que iria tirar ela da sedação e que era tudo ou nada se ela não acordasse e que ela poderia estar em como irreversível ou morte cefálica, eu fiquei o tempo todo ao lado dela esperando uma respiração diferente, uma mão se levantar algum sinal, em um estante Minha irmã Kelly subiu e me disse eu fico aqui um pouquinho vai tomar um café, desci estava sentada na mesa e meu telefone tocou era minha irmã meu coração disparou e eu já atendi me levantando da mesa e ela chorando falo eu tenho uma noticia pra vc, minhas pernas estremeceram e ela disse corre aqui eu nem sei como eu pude subir tão rápido nem fui pelo elevador subi pelas rampas, entrei chorando e tremendo muito já falando alto desesperada, e eu entrei no quarto minha irmã estava chorando muito e a enfermeira estava rindo e eu fiquei confusa a enfermeira me disse calma olha aqui, minha irmã levantou e me abraçou e me disse olha ela acordou, e eu vi os olhos dela aberto meu Deus que alegria aqueles olhos lindos arregalados olhando para mim e eu perguntei tudo bem filha e ela arregalava o olho e piscava pra mim, eu louvei a Deus e fiquei maravilhadas.
Deus abençoe as vossas vidas!!!!

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

DEZ MESES DE MUITA SAUDADE!!!!!!


PRA VC PRINCESA !!!!!

Aos olhos do Pai

Você é uma obra-prima

Que Ele planejou

Com suas proprias mãos pintou

A cor de sua pele

Os seus cabelos desenhou

Cada detalhe

Num toque de amor

Você é linda demais

Perfeita aos olhos do pai

Alguém igual a você nao vi jamais

Princesa linda demais

Perfeita aos olhos do Pai

Alguém igual a você não vi jamais

Você é linda demais

Perfeita aos olhos do pai

Alguém igual a você nao vi jamais

Princesa linda demais

Perfeita aos olhos do Pai

Alguém igual a você não vi jamais

Aos olhos do Pai

Você é uma obra prima

Que Ele planejou

Com suas proprias mãos pintou

A cor de sua pele

Os seus cabelos desenhou

Cada detalhe

Num toque de amor

Nunca deixe alguém dizer

Que não é querida

Antes de você nascer

Deus sonhou com você!

Você é linda demais

Perfeita aos olhos do pai

Alguém igual a você nao vi jamais

Princesa...Aos olhos do Pai

Dez meses sem a Rayssa, mas Deus preparou amigos maravilhosos.



Hoje faz 10 meses que estamos separadas e a saudade grita, mas Deus tem cuidado de mim, não canso de dizer isso, preparou grandes amigos para esta ao meu lado e essa semana eu recebi um e-mail maravilhoso e quero compartilhar essa mensagem com vcs, que expressa com exatidão meus sentimentos que só amigos de verdade conseguem distinguir. Um grande beijo Pastora Rosana e Pastor Cassio Deus abençoe a vida de vcs.




e-mail Pastora Rosana.




Perder um filho, ver um marido partir, ver a mãe adoecer são situações muito dolorosas, incomparáveis entre si.
Mas, a perda pode ser superada, a saudade não. Acho que aí está a chave. Eu não luto contra a saudade, eu lutei contra a dor. Eu não decidi esquecer do meu filho, eu apenas não centralizei minha vida na morte dele. Todos os dias, quando busco fazer o melhor, amar melhor, ser melhor, fazer o melhor para Deus e as pessoas, eu me sinto mais próxima do Pai. E assim, me sinto mais perto do lugar para onde anseio estar e que meu filho já me espera....na Glória!
Se me concentrar na dor, na perda, na tristeza e na revolta, terei feito uma escolha. Mas será a mais sábia??? Creio que não! A tristeza torna a presença do ente mais próxima, vc se recusa a continuar e permanece no ponto onde tudo foi interrompido. E assim, como água parada....estagna. E tudo que está a sua volta morre....a alegria, os sonhos, a família, o marido ou a esposa, viver se torna um peso....insuportável. E enganosamente pensa ser o único ou única que realmente amava e que sente falta. O amor jamais aprisiona quem nasce para voar. Não é fácil continuar vivendo...mas, o luto é uma forma de suícidio.....vc decide morrer com a lembrança, na maioria das vezes de alguém que ao contrário do que vc sente....amava a vida!
Escolhi viver, escolher ter Cristo, não porque sou fraca....mas, porque o poder de Deus se aperfeiçoa na minha fraqueza

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

De frente com a realidade

Recebemos alta em uma sexta-feira, tivemos um final de semana maravilhoso, aproveitamos muitooooo eu curti cada momento e ela também, mas na segunda-feira seguinte recomeçamos as radioterapias e as Qt eram duas diferentes juntando eram muito fortes, meu Deus como era forte essas medicações!... e mais nove medicamentos auxiliares, cada vez que eu a medicava meu coração cortava pois ela não suportava mais e reclamava muito, mais eu buscava a cura, só enxergava a cura dela, primeiro por um milagre e depois por medicamento.
Os dias foram passando e eu sentia que ficava mais difícil, percebi algumas recaídas, ela já não conseguia sentar-se sem apoio, depois eu percebi que ela não conseguia mastigar mais os alimentos, ficou mais irritada e não permitia que eu ficasse longe dela e pra falar a verdade eu não a deixava pra nada, até para eu tomar banho tinha que ser de porta aberta e ela me vendo e a maioria das vezes ela chorava e eu tinha que sair correndo, comia quando dava pois por ela não consegui comer eu tinha muito cuidado para ela não me ver comendo e ficar com vontade, pois até a alimentação dela nós trocamos para tudo integral e natural, pois a alimentação auxilia muito na recuperação.
Em um espaço muito curto de tempo eu fui acompanhando a minha filha piorando muito mais eu tentava fechar os olhos, ela tinha consulta de rotina exames de hemograma, havia todo um acompanhamento e eu questionava a piora do estado clinico dela e os médicos oncologistas me diziam que era o esperado que só iria piorar, era muito desesperador eu ver todas aquelas coisas acontecendo e não podia fazer nada!.... Quando havia mais ou menos uns oito dias que estávamos em casa ela piorou muito, a dicção foi comprometida e já não conseguíamos interpretar nada do que ela tentava falar e isso há irritava muito, não conseguia mais ficar sentada anucer que eu há segurasse no colo, não se mexia pra lado nenhum e só ingeria liquido, eu me desdobrava para ajudá-la dava suplementos para manter a resistência, pois a imunidade estava muito baixa e meu coração temia muito mas eu não podia passar esse temor para ela. Eu acordava as 05:00 da manhã todos os dias para arrumá-la, saiamos para a radio voltávamos era uma correria alguns dias tinha consulta, chegavamos em casa tarde era muito difícil medicá-la pois ela não conseguia mais ingerir os medicamento e vomitava muito, depois para comer eu ficava com ela inclinada em meus braços cerca de três horas para fazê-la ingerir meio copo de leite de soja com sustagem e logo após medicação novamente e assim ia meu dia ate a 01:00 da manhã, levava ela para minha cama e me deitava porem não pregava o olho zelando o sono dela, claro com ajuda e colaboração muito importante da minha mãe e do meu esposo eles foram essenciais pra mim e para ela, mais mãe é mãe e eu tinha que me dar totalmente e ela só queria a mamãe, eu estava muito, muito cansada juntava o cansaço mental com o físico era muito desgastante, mais eu me dei Deus sabe que havia dias que eu levantava e tinha que pedir forçar, nem eu acreditava que estava conseguindo viver aqueles dias, mais o meu objetivo era a cura da minha filha e eu me submeteria a tudo por ela, eu amava tanto que aquela situação ficava pequena perto do meu amor e eu pensava no final tudo vai valer a pena, talvez vc pode estar se perguntando e agora que vc não tem mais ela? Valeu muito apena cada momento junto com ela, cada lagrima, cada noite sem dormi sempre valera a pena e saber que Deus me escolheu para cuidar desse anjo eu tinha que fazer isso com excelências, o mais surpreendente foi como esse anjo cuidou de mim mesmo quando ela já não consegui levanta suas mãos para limpar minhas lagrimas que as vezes
caia sem eu poder controlar, mesmo sem ela poder falar não fica triste mamãe e me reanimar, sem poder correr para me abraçar os seu olhar dizia tudo, e eu interpretava aquele olhar me dizendo “Não chora eu acredito em vc mamãe, sinta-se abraçada, consolada” coisa de anjo só eles podem fazer essas coisas, nos duas tínhamos uma ligação surpreendente nos entendíamos pelo olhar, o nosso amor não deixava nos duas enxergar o futuro mais apenas o presente que devíamos nos amar, amar,amar sem limites sem pensar no que iria acontecer, sem se importa com nada e nem ninguém que pudesse inflamar o nosso amor, apenas nos amávamos muito e eu tenho certeza que esse elo não se quebrou que esse amor é para sempre por que vivemos juntas o amor eterno, hoje não considero uma derrota a morte da Rayssa apenas uma pausa e que já já vamos nos reencontrar, esse mundo não era digno do meu anjo, eu vivo esse amor e ele sempre valera a pena. A algum tempo atrás pedimos para ser colocada a lápide ao onde a matéria da Rayssa ficou pois eu sei que ela não esta la, nos deram um prazo e quando chegou o prazo eu fui confirmar se havia sido colocada, foi eu e minha irmã a Kelly chegando no vale de paz eu senti uma sensação estranha ruim revivi todo o dia do sepultamento foi difícil, chegamos La no lugar exato e a lapide estava la, eu olhei o nome da minha filha e chorei minha irmã me abraçou e disse não chora vc fez tudo o que podia por ela, ela não esta aqui, fechei os meus olhos e comecei a falar com Deus pedi para ele proteger meu coração para eu não pensar besteiras, no mesmo momento eu me ajoelhei com as mãos por cima da pedra e chorei falei para Deus me ajuda pois ali estava o meu sangue e me doía muito, ainda com os olhos fechado comecei a sentir uma presença era maravilhosa aquela presença abri os meus olhos e olhei para o céu e o céu estava lindo parecia estar aberto para mim e eu chorava mais não era mais de dor e sim da presença que eu sentia era a presença de Deus me consolando e gritava em meu coração “Ela não esta ai, ela esta comigo” foi maravilhoso e ainda disse-me é o teu sangue sim mais esta salva pelo o sangue do meu filho e eu fui impactada por aquelas palavras docês , serenas que sussurravam ao meu coração e eu comecei a agradecer e dizer Senhor o que eu estou fazendo aqui o milagre já foi feito ela esta salva esse é o verdadeiro milagre, me da um sinal Pai e quando abaixei meu olhos minha irmã estava espantada olhando para mim e me disse sua mão esta sangrando vc machucou e eu vi o meu sangue escorrendo na lapide, olhei para ela e respondi não se espante esse é um sinal de Deus quem precisa desse sangue sou eu, pois ela não pois ela não esta aqui e sai sem tristeza Deus é maravilhoso.
Por hoje vou parar já é tarde preciso dormi




Obs: Hoje recebi uma noticia maravilhosa o governo esta viabilizando verbas para a prevenção de câncer infantil, o câncer sendo diagnosticado no inicio oferece muitas possibilidade de ser combatido com sucesso, isso significa que muitas crianças podem ser beneficiadas com essa decisão, o que já havia demorado para acontecer né !!!!..Acho que ainda falta uma divulgação maior dos sintomas.

domingo, 22 de novembro de 2009

Preciso que me estendam vossas mãos!!!!


Estamos entrando em uma etapa muito dolorosa, vcs ja devem ter percebido que tenho demorado para postar, pois como já postei varias vezes é muito difícil, peço a ajuda para os meus intercessores que me cubram com vossas orações. Hoje recebi algumas fotos da Rayssa de quando estávamos no hospital, estou pedindo direção a Deus se devo adicioná-las as próximas postagem, não quero por as fotos da Rayssa em vão aqui, só se Deus permitir e ter algum propósito pois são imagens chocantes, meu intuito não é causa sensacionalismo e exposição, não quero que ninguém sinto pena dela ou de mim, pois estamos debaixo da cobertura do Senhor e ele tem me sustentado e ela, a... ela já esta em seus braços de amor na gloria e por esse motivo que estou orando não quero saciar os curiosos mais os que tem sede de Deus, fome de seguir os seus sinais e ainda que seja dura ou até mais dura a caminhada eu seguirei e conto com as vossas interseções.

Voltarei em breve!!!!


Obs: Um beijo e um abraço carinhoso a todos os seguidores, os que se identificam e os que se ocultaram mais me passam e-mail carinhosos, eu quero abençõa a sua vida hoje em nome de Jesus, quero declara o falência do seu inimigo e que todas as barreira caiam por terra hoje em nome de Jesus. A palavra de Deus diz: Que os que te abençoarem serão abençõados e vc que tem abençoado minha vida com sua oração creiam que serão abençãdos tmb.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009




Não sei porque você se foi


Quantas saudades eu senti


E de tristezas vou viver


E aquele adeus não pude dar...
Você marcou na minha vida


Viveu, morreu na minha história


Chegou a ter medo do futuro


E da solidão Que em minha porta bate...


E eu ...Gostava tanto de você
Gostava tanto de você ...
Eu corro, fujo desta sombra


Em sonho vejo este passado


E na parede do meu quarto


Ainda está o seu retrato


Não quero ver pra não lembrar


Pensei até em me mudar


Lugar qualquer que não exista


O pensamento em você...
Eu gostava ...Eu gostava tanto de você


Gostava ...Gostava de tanto de você
Vou morrer de saudade


Não, não vai embora


Vou morrer de saudade


Não, não vai embora


Eu vou morrer de saudade


Não, não vai embora


Morrer de saudade!!!








Rayssa saudades!!!!!

Deus meu socorro bem presente na hora da minha angustia.




Hoje peço a Deus que não me ouça por um estante, por tão grande a minha dor, esta tão difícil, me sinto como se a minha vida não tivesse uma continuação, as lembranças tem batido muito forte em minha memória, se saiu na rua vejo as crianças correndo, brincando eu sei que a minha criança não esta mais lá, se assisto tv vejo os comerciais com brinquedos novidades eu não tenho mais minha filha para me contar de todas elas, cada Barbie nova que vai sair cada sandália nova, cada lugar que passo vejo as menininhas com as asas de borboletas correndo saltitante e me lembro dela com as asinhas dizendo que ia vooa, as menininhas com roupa de balé e você não esta la no meio delas dançando dizendo com tanta alegria mamãe quando eu crescer eu vou ser uma bailarina, foi a ultima coisa que você fez antes de entrar naquele hospital e não sair mais daquela cama, dançou pra mim e pro papai, me dizendo pra eu não me preocupar que você estava bem e ia crescer pra ser uma bailarina, meu Deus como era lindo o sonho que eu vivia, a felicidade morava aqui comigo e eu sempre soube disso eu vi ela parti e não pude fazer nada para impedir, nem a minha oração, nem o meu clamor pode mudar aquela situação, quanta tristeza carrego comigo, não a no mundo o que possa me trazer tanta alegria de volta, não a dinheiro, carros, casas não a o que se compare, eu poderia acumular muita ou toda riqueza desse mundo que não se aproximaria do meu maior tesouro a minha filha. As pessoas olham para mim e vêem tanta força e algumas até dizem que me admirar, mais não sabem como cada dia tem sido um novo dia, uma nova batalha que eu tenho que enfrentar, não sabe o tamanho da minha pequenez e fraqueza diante dessa situação, os meses se passaram a vida de todas seguiram e eu, eu fiquei aqui desejando viver esse sonha outra vez. Meu Deus não escute minhas lamuria Senhor, esta tão difícil mais eu sei que se eu tenho suportado todos esses dias não é por minha força mais por a força do Senhor.

30 minutos mais tarde...
Agora nesse mesmo estante dei uma pausa na escrita, pois não estava suportando tamanha dor e sofrimento, já não enxergava mais o monitor, então abri outro blog que sempre acompanho e que me espira muito e de uma pastora que é mãe de um menino lindo que hoje esta com minha filha e a causa da partida dele foi a mesma da minha Rayssa CA. E no mesmo estante através da vida dela Deus começou falar comigo, é impressionante eu estava me debulhando em lagrimas sozinha e Deus arrumou uma forma para falar comigo, pois o meu coração estava trancado, os meus ouvidos fechados para ouvir a voz de Deus, mais ele arrumou uma forma de me consolar, agora escrevo revigorada, quando eu estava indo ler o blog da pastora Vanessa eu pensei vou descartar essa postagem, pois me envergonhei da minha fraqueza, ai me lembrei-me que havia prometido no começo que escreveria tudo fielmente e deixei, mais ainda confusa. Até que li a postagem que vou por eu pedacinho aqui.
*Alguns talvez achem a história de Jairo difícil de ouvir. Vc orou a mesma prece, mas, se viu no funeral de seu filho.
Antes que a revolta encontre pouso em seu coração, experimente, a esperança que Ele oferece.
Deus odeia a morte mais do que eu e vc. É por isso que ele a venceu na cruz.
Se vc confia Nele a morte é apenas uma transição.
SEU FILHO PODE NÃO ESTAR EM SEUS BRAÇOS, MAS, ESTÁ SEGURO NOS DELE.
Talvez vc esteja na divisão entre o milagre e a perda. Vc não esta seguro se JEsus vai permanecer ao seu lado até o fim. Se ele vai realizar a cura.
Ele sempre permanece. Ele nunca dispensa uma prece de um pai. Continue entregando seu filho a DEus e, na hora certa e da maneira certa, Deus lhe devolverá seu filho.(*)

Li isso, enquanto fazia as unhas no salão. Lágrimas furtivas me vieram a face. Por que?
Porque na noite mais sombria de minha vida, que aconteceu no dia 16/09 eu coloquei o Seba em meu colo pela última vez. Foi meu último pedido. Segurar meu filho enquanto as mãos invisíveis de Deus o seguravam também. Se eu tivesse que confiar os meus filhos a alguém haveria pessoa mais capacitada do que aquele que o formou? Creio que não! SEbastian está seguro no colo daquele que venceu a morte. E no tempo certo me recolherá em seu colo também. Ao invés de olhar para aquilo que não tenho como mudar ou proteger. Lanço meus medos sobre Ele e confio. Assim vivo feliz e em paz. Porque o controle da minha família está nas mãos de Jesus.
Coloque seus filhos, maridos, pais, irmãos nessa estufa e descanse!
Eu havia passado o dia hoje angustiada, cheguei da academia tomei um banho, fui até uma cliente levei um contrato voltei, sentei-me no sofá ai fui ao mercado vi duas menininha correndo com asinhas de borboletas igualzinha as da Rayssa desabei a chorar no mercado e vim embora chorando muito no carro, entrei e vim despejar toda a minha dor no blog sozinha, meu Deus o Senhor tentou falar de tantas formas comigo e não te ouvi e agora em um simples abrir de coração o Senhor trabalhou em meu coração, veja as pessoas que pensão que sou forte ou qualquer coisa do gênero, não sou eu que consigo mais Cristo me capacita, me acalma, me sustenta derrama balsamo sobre meu coração. Eu pensei bem e resolvi postar, primeiro por que dei minha palavra e depois para que todos vejam que sou sujeita as mesmas paixões, dor, sofrimento e angustia, e para que todos possam ver como Deus é tremendo, talvez esse pequeno trecho de texto não tenha um efeito tão forte para todos que lerem, mais para mim foi maravilhoso e é isso que Deus faz nos trata com carinho e individualmente para cada um Ele tem uma porção.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

A VOLTA PARA CASA.








Chegou a tão sonhada alta, fomos liberadas a seguir o tratamento em casa ficamos muito feliz, parecia um novo recomeço para nossa família uma segunda chance para sermos feliz, não que não estivéssemos felizes, pois agradecíamos a Deus em todos os momentos por a vida da Rayssa só pedíamos saúde para ela, mais precisávamos transpassar aquela barreira, e foi assim que eu me senti saindo com a minha filha daquele hospital, pois ela havia entrado condenada a não sair mais dali em questão de dias e nos estávamos indo embora, eu chorava de alegria e me despedia agradecendo a todos por tudo, a cada paço um agradecimento a Deus uma oração de gratidão. Ao sairmos do hospital a Rayssa teve um ataque de choro, ela ficou muito nervosa e gritava eu não quero ir embora, ela não acreditava que estávamos indo embora, pois sempre saiamos para fazer tratamento fora e éra muito traumático para ela, pessoas que ela não conhecia tratamentos invasivos, foi muito difícil convencê-la de que estávamos indo para casa, quando eu consegui acalmá-la um pouco ela me perguntou: Mamãe eu não queria ir embora do hospital se não eu não vou sara. Eu fiquei comovida com a responsabilidade dela, disse a ela que iríamos se tratar em casa e nesse momento chegamos na porta da nossa casa, ela deu um sorriso e disse eu to em casa mamãe que saudade da minha casa, entramos e era hora do pica-pau na TV, fazia muito tempo que não assistíamos pica-pau juntas, mais naquele dia foi especial, eu a observava com tanta intensidade com tanta admiração por tanta coragem ela olhou para mim e me disse com a maior inocência: Mamãe ainda bem que eu não estou mais com mangueirinha para fazer xixi né (se referia a sonda vesical) e eu a abracei. Naquele dia ela ganhou uma festinha na casa da tia Beth com toda a família, ganhou muitos presentes e ficou muito feliz, mais era muito tarde e a QT começou a dar reações e ela vomitou e quis ir para casa, naquela noite dormimos agarradinhas, trocamos muitos carinhos e juras eternas de amo, que ficaríamos juntas para sempre , que nada iria nos separar, e que eu lutaria por ela e com ela ate mesmo quando eu não suportasse mais, oramos e ela dormiu e eu fiquei zelando o sono dela, ao mesmo tempo que eu chorava sabendo da gravidade da doença, eu chorava de alegria por esta com ela é um sentimento muito louco que não deixava eu dormi. No dia seguinte acordei para dar os remédios, deitei-me novamente e dormimos até tarde como não fazíamos a muito tempo, quando ela acordou e me disse bom dia mamãe eu quero comer pão com frios e café com leite, comeu tudooo, na casa da vovó, voltamos para casa tomamos banho, quando foi mais tarde ela pediu um lanche do Mc e disse que estava com muita saudades e brigadeiro de colher, mais não quis sair de casa, o papai saiu comprou os lanches e a eu fiz o brigadeiro, ela comeu tudooo, e me disse que saudades de casa mamãe e eu senti naquele momento que uma parte da minha vida estava voltando, era maravilhosa aquela sensação. Nunca vou me esquecer do rostinho de felicidade, da boquinha melada de brigadeiro e as gargalhadas foi mágico. ESPERO QUE COMPREENDAM A DEMORA PARA POSTAR, POIS É MUITO DIFIL RELEMBRAR DE TUDO, PEÇO PARA QUE OREM POR MIM, POIS ESSA SEMANA ESTA MUITO DIFICIL OBRIGADA.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

É TRISTE DIZER ADEUS....


É triste dizer adeus, mas às vezes é necessário. Não podemos prender a nós definitivamente as pessoas que amamos para suprir nossa necessidade de afeto. O amor que ama, aprende a libertar. Procuramos ganhar tempo para tudo na vida. Mas a vida, quando chega no próprio limite, despede-se e é esse último adeus que é difícil de compreender e, mais ainda, aceitar. Possuímos um conceito errado do amor. Amar seria, no seu total significado, colocar a felicidade do outro acima de tudo, mas na realidade é a nossa felicidade que levamos em consideração. Queremos os que amamos perto de nós porque isso nos completa, nos deixa bem e seguros. E aceitar que nos deixem é a mais difícil de todas as coisas. Não dizemos sempre que queremos partir antes de todos os que amamos? Isso é para evitar nosso próprio sofrimento, nossa própria desolação. É o amor na sua forma egoísta. Aceitar um adeus definitivo é uma luta. Se as perdas acontecem cedo demais ou de forma inesperada, o sentimento de desamparo é muito maior e a dor mais prolongada. É o incompreensível casando-se com o inaceitável e o tudo rasgando a alma. Essas dores poderão se acalmar, mas nunca se apagarão. Mas quando a vida chega ao final depois de primaveras e primaveras e outonos e mais outonos, nada mais justo que o repouso e aceitar a partida é uma forma de dizer ao outro que o amamos, apesar da falta que vai fazer. Não podemos prender as pessoas a nós para ter a oportunidade de dizer tudo o que queremos ou fazer tudo o que podemos por elas. De qualquer forma, depois que se forem, sempre nos perguntaremos se não poderíamos ter dito ou feito algo mais. Mas essas questões são inúteis. O amor que ama integralmente não quer ver o outro sofrer e ele abre mão dos próprios sentimentos para que o destino se cumpra, para que a vida siga seu curso. As dores do adeus são as mais profundas de todas. Mas elas também amenizam-se com o tempo e um dia, sem culpa, voltamos a sorrir, voltamos a abrir a janela e descobrimos novamente o arco-íris da vida. Depois da tempestade descobrimos um dia novo e o sol brilha de maneira diferente. E talvez seja assim que aprendemos a dar valor à vida, aos que nos cercam; aprendemos a viver de forma a não ter arrependimentos depois e aproveitar ainda mais cada segundo vivido em companhia daqueles que nosso coração ama. AMO MUITO VC FILHA!!!!!!!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

HOJE EDIÇÃO ESPECIAL: POSTAGEM DO PAPAI "SENTIMENTOS DO PAIZINHO"


Bom dia á todos amados que acompanha esse Blog meu nome é Adalberto (Pai da Rayssa) venho tentando escrever no Blog faz um tempo e hoje dia 28/10/2009 cheguei a meu trabalho e o Senhor Jesus me conduziu. Escrevo olhando pela janela e cai uma garoa típica de inicio de Primavera, a saudade bateu muito forte, lembro-me de quando acordava para trabalhar a minha princesinha (Rayssa) não queria me deixar trabalhar, pois sempre dormia abraçadinha comigo e quando ainda pequenininha pedia seu tetê (mamadeira), já maior dizia que me amava e que eu fosse trabalhar para ganhar dinheiro para levar ela e a mamãe no Mc Donald´s e passear, uma menina tão linda amorosa, carinhosa um amor sincero sem interesses. Lembro-me quando chegava em casa no fim da tarde cansado do trabalho e não era dia de culto na igreja eu e minha esposa (Kátia), colocava uma roupa bem linda na Rayssa aquelas que minha esposa comprava quando ia ás compras com a Rayssa que fazia questão de que escolher sua roupa rs rs......... Passeávamos no shopping, Play Land..... e depois comer lanchinho como ela mesma dizia. Na volta para casa ela vinha deitada no banco de traz do carro louvando á Deus e nós a acompanhávamos e admirávamos. Filha hoje sinto saudade da sua voz louvando assim “Eu acalmo o mar não temas ó meu filho eu vou te ajudar, eu estou com você” filha peça para o Senhor Jesus me ajudar, pois sei que você está ao lado dele, as lagrimas caem do meu rosto enquanto escrevo tenho que disfarçar no meu trabalho, pois todos já se esqueceram e a saudade, sofrimento, vazio ficou para mim e para a mamãe. Sinto saudade do seu cheiro e quando fazíamos narizinho encostando o meu rosto no seu, às vezes me pego no meio da madrugada abraçado ao travesseiro como se estivesse abraçando você Princesinha, mas o seu cheiro não esta mais no travesseiro, ai olho para a cama e não te vejo, só vejo sua foto no porta-retrato de frente para a cama, parece que esta me olhando, Deus fortaleça a minha vida e de minha linda esposa, ora vem Senhor Jesus ora vem Senhor Jesus. Amados outro dia continuo á escrever que Deus abençoe a sua família.
Certamente que a salvação está perto daqueles que o temem, para que a glória habite na nossa terra. A misericórdia e a verdade se encontraram; a justiça e a paz se beijaram. Salmos 85:9,10

domingo, 25 de outubro de 2009





Hoje procurei palavras para falar com Deus, palavras que me elevasse a Sua presença, que tocasse ao Seu coração. Eu pensei como posso orar de forma que agrade a Deus que abra as comportas de céu e dessa a chuva do Senhor sobre mim, chuva de restauração, restituição da alegria que eu tinha ao lado da minha filha, oração que pudesse me trazer de volta a sensação daquele abraço, de deitarmos juntas como cochinha, de fazermos narizinho, brincarmos com a luizinha no escuro do quarto para fazermos bichinhos na sombra. Como seria bom se eu conseguisse achar palavras para trazer isso tudo de volta, talvez fossem palavras mágicas. Ai eu lembrei-me da oração da Rayssa a Deus, e ela sempre iniciava dizendo: Papai do céu muito obrigado (ela dizia obligado) agradecia por toda a sua família, por seus amiguinhos, por seu alimento, pela pro (a professora da escolinha) e ate por o lanchinho da cada dia amem. Ai eu pensei Senhor as palavras dela eram tão simples e tão sinceras, objetivas e eu sempre dizia a ela ora com fé por que Deus ouve sua oração, quando você quiser alguma coisa peça para Jesus e se Ela se agradar do seu pedido Ele vai te dar, e assim ela fazia. Peguei aquelas palavras e fiquei na memória, ai Jesus falo ao meu coração assim como Pai que ensina seu filho (como eu fazia com a minha filha) o segredo é orar, não precisa de palavras bonitas para chamar a atenção Dele, pois Ele sempre esta me vendo, me ouvindo, esperando um pedido meu para realizar, mais como eu não tenho aqui a Rayssa Ele mesmo vem me abraçar, tira toda aflição do meu coração, acalma minha alma, me acaricia com Seus braços de amor. Como é grande o amor de Deus por nos é incomparável.
ESSA LETRA É UMA SIMPLES ORAÇÃO!!!!
Quero ser como criança
Te amar pelo que És,
Voltar à inocência[E acreditar em Ti]
E acreditar em Ti Mas às vezes sou levado pela vontade de crescer
Torno-me independente deixo de simplesmente crer. Não posso viver longe do Teu amor, Senhor
Não posso viver longe do Teu afago, Senhor
Não posso viver longe do Teu abraço, Senhor [Não posso]
Não posso viver longe do Teu amor, Senhor
Não posso viver longe do Teu afago, Senhor [Abraço]
Não posso viver longe do Teu abraço, Senhor
Abraça-me, abraça-me, abraça-me,
Com Teus braços de amor "Levante sua voz e peça pra Ele te abraçar"
Abraça-me, abraça-me, abraça-me,
Com Teus braços de amor "Só as vozes:
Abraça-me"Abraça-me, abraça-me, abraça-me,[Abba Pai]
Com Teus braços de amor
Abraça-me, abraça-me, abraça-me,
Com Teus braços de amor
Com Seus braços de amor
"EU SEI QUE SEMPRE SEREI ABRAÇADA POR TI SENHOR, EU NUNCA TE NEGAREI, NEM MESMO NA MINHA MAIOR DOR, A DISTÂNCIA ENTRE EU E MINHA FILHA. EU TE AMO JESUS.

sábado, 24 de outubro de 2009

Menina Especial !!!




Desculpe-me por tanta demora estava com problemas na net, ninguém merece né rs.....


Ficamos por 28 dias no hospital, foi uma busca incessante, recebemos muito apoio de amigos e parentes, cada dia que passava eu cria mais que ela iria sair dali e nossa vida voltaria ao normal, não podia imaginar a possibilidade de sair de lá sem a minha Rayssa, eu e minha mãe revezávamos os horários para podermos suportar a pressão que é esta ali rodeada de mas noticias eu pela fé ignorava todas e acreditava pia mente no milagre, pregava para as pessoas os milagres de Jesus, orava pelos enfermos, fazia apelo para quem quisesse aceitar a Jesus. Nesse período fazíamos sessões de radioterapia diariamente e ela não apresentava nenhuma melhora, percebi que estava mais debilitada com as perninhas com bem menos equilíbrio, mais eu só enxergava a cura. A Rayssa facilmente entendeu que precisava se tratar e não resistia mais a internação e até cooperava com o tratamento, o tempo que eu dissesse a ela que era necessário nós ficarmos lá ela ficaria, eu fazia de tudo para ela não perceber a minha tristeza e preocupação, sempre sorria para ela e dizia que tudo daria certo e, mais parecia que ela sabia tudo que se passava em minha cabeça, ela brincava comigo até arrancar um sorriso do meu rosto. Cada vez que ela se negava a tomar uma medicação ou comer toda a comida eu brigava com ela e ela chorava, cortava meu coração mais eu sabia que ela precisava de disciplina para o tratamento ser bem sucedido e que eu não tinha motivos para olhar para ela com dó, por que ela já era mais que vencedora, mais quando passava um tempinho ela me abraçava e me pedia desculpas e se justificava dizendo que não comeu por que estava com enjôo, ou não queria tomar o remédio por esta cansada de tantos remédios, e eu seria dizia é necessário filha, mais por dentro eu gritava Senhor tem misericórdia da minha filha que é tão pequenininha pra passar por todas essas coisas. A Rayssa sempre tinha um gesto de carinho para me dar, um beijinho para me alegrar, sempre dizia que me amava sem eu precisar pedir, a Rayssa é muito mais do que eu mereci sempre, não consigo mensurar o tamanho do amor de Deus por mim por ter me dado a Ra, eu não merecia tanto amor, muitas pessoas não compreendia a jeito da Ra, mais só quem realmente tinha o amor dela poderia definir como era a Rayssa meiga, amável, compreensiva, amorosa não tenho palavras para definir como era minha princesa, poucos tiveram o privilégio que eu tive de cuidar de um anjo, na verdade esse anjo que cuidou de mim. Para todas as mães seus filhos são diferentes e especiais e eu não era diferente, mas só durante o tratamento eu pude ver como ela realmente era especial, não só para os meus olhos de mãe, mais para quem pudesse ver como ela reagia perante a dificuldade, eu nunca fui tão forte como ela, ela chamava atenção até das outras mães que diziam: Essa menina é diferente, parece que ela é que esta cuidando de você, e de fato Deus pois esse anjo para cuidar de mim, e esse anjo me amou tanto, tanto que me passava muita força e convicção de que ela estava e sempre estará bem, que ela esta debaixo das asas do altíssimo. Sei que minha filha não tem mais, nenhum poder sobre essa vida, mas a partida dela me motiva enxergar o alem do que vemos aqui, me eleva a lugares altos, me faz ir a um nível mais profundo com o meu Senhor, Ele me mostrou que guando estou fraca Ele aperfeiçoa o seu poder em minha vida, e Ele me da a força Dele e me mostra que com minhas forçar eu não chego em lugar algum, mas com Ele eu transpasso o insuperável.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

INGRESSANDO NA ESCOLA DA VIDA


Essa semana foi uma semana muito difícil, senti muitas saudades da Rayssa senti um vazio enorme como se tive colocado a mão no meu coração e arrancado fora do meu coração, ontem sai de carro coloquei um hino e comecei a falara com Deus e chorar, de repente uma viatura da policia me paro e me perguntou se estava acontecendo alguma coisa, por que eu estava chorando tanto e eu nem tinha percebido que eles estavam me observando, ai eu enxuguei as minhas lagrimas e comecei a adorar a Deus e disse para o Senhor que só Ele precisa saber das minhas profundas aflições...

Voltando a historia.
Eu percebi que eu ficaria ali no hospital por um bom tempo, quando nos internamos lá eu fiquei meio na defensiva, não tinha vontade de conversar com ninguém, não queria ficar respondendo perguntas eu só queria ficar quieta na minha cadeira sem amolar ninguém, a Rayssa sempre com o jeitinho dela caladinha com pouca amizade só conversava comigo. No dia seguinte era aniversario da Rayssa e eu estava bastante chateada, pois havíamos preparado uma linda festa para ela com tudo que ela havia escolhido, ela ia ganhar a moto elétrica tão sonhada!!!.....A equipe do hospital sabendo que era aniversario dela e que eu estava meio chateada fizeram uma festinha para ela na brinquedoteca, eu achei que ela iria ficar triste pois ela estava na maior expectativa para a festa, pelo presente por a presença dos amiguinhos....Que nada, falei para ela e ela ficou muito feliz, pediu para trocar de roupa e foi bem disposta, quando chegamos na festinha já estava cheio de crianças e mãezinhas nos esperando, as crianças estavam afoitas e quando me deparei com aquela imagem comecei a ver o mundo de outra forma, cai na real! Pois até aquele dia eu fui metralhada com um monte de noticias, resultados, pressão e muitos conflitos, mais ai eu vi tantas mães passando por o mesmo sofrimento que eu e estavam ali firmes e prontas a me apoiar, e as crianças elas me deram uma lição de vida, todas carequinhas, pálidas, com soro nos braços e arrastando um suporte para todo lado, mas eu vi que a doença pode levar delas a “boa aparência” (pois os remédios são tão fortes que elas ficam apáticas, abatidas) mais não pode levar delas a alegria de viver. E por uma fração de minutos eu vi que participava daquela nova realidade. A festinha foi especial para nós uma demonstração de muito carinho por nós de pessoas que nem nos conhecia, e eu aprendi outra lição eles tiveram por mim o amor pelo próximo como por eles mesmos, eu chorei muito e vi que estava entrando em uma escola e que eu tinha muito que aprender, eu achava que vivia esse amor mais eu mais falava do que praticava, e toda aquela defesa começou a cair, dali pra frente ficamos muitos dias e eu fiz muitas amizades, conversávamos trocávamos experiências, quando uma de nos passávamos por um momento de complicação no tratamento nos uníamos e uma dáva força uma para a outra, as vezes estávamos todas abatidas mais uma ficava tentando dar animo para o outra e nos transformamos em uma só família eram nossos filhos o filho de uma era de todas. Quando a Rayssa começou a tomar quimioterapia junto com a radioterapia eu fiquei muito triste pois era muito forte, mais era uma união total inclusive a equipe toda do hospital, mas a Rayssa era realmente especial a enfermeira que administrava a QT nela sempre falava nem parece que essa menina toma QT e faz radio nem faz efeito colateral nela e realmente ela não apresentava nenhuma reação, ela era uma verdadeira guerreira.



Obs especial: Quero lembrar-me com muito carinho das minhas amigas queridas Juliana a mãe da nossa filinha Livia(Que por varias vezes eu cuidei como se tivesse cuidando da minha filha), da Thalita mãe da Julinha que é exemplo de força e da pequena Steffany. Todas essas mães conhece a minha dor pois as suas princesinhas também brincão no jardim de Jesus todos lutaram bravamente contra o câncer e são vencedoras!!!!

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Um minuto... apenas um minuto.


Hoje fiquei pensando, tantas coisas que gostaria de dizer e fazer se tivesse mais um minuto. Somente 60 segundos, para estar com ela. E no meio de tantos sonhos interrompidos, de tantos planos adiados....me pareceu tão pouco....Então comecei a imaginar seu lindo sorriso....poderia admirá-la em silêncio nos meus 60 segundos....Mas tenho tanta saudade de sua voz....que talvez só desejasse ouvi-la....Mas quanto as suas risadas......será que poderia fazê-la sorrir por um minuto?Mas sinto falta das bitoquinhas....talvez desejasse beijá-la....Então me lembrei de como ela amava a praia.....então viajei até a minha imaginação e me imaginei tendo somente um minuto para andar descalça na praia com ela....Me vi como o menino do filme A.I Inteligência Artificial, onde no final ele consegue apenas um dia com a sua mãe....Imediatamente senti saudade daquela filha tão amada, que se deitava na minha cama e alisava meus cabelos enquanto chupava a chupetinha....Fui lembrando quantas coisas hoje, eu desejaria apenas por um minuto....Vê-la na banheira brincando, ou se lavando com seu perfume.....ou tendo de mais 5 minutos com a vozinha.....Brincando de alegria chegou.....E pensei que se tivesse esse fragmento de tempo....eu aproveitaria para dizer o quanto eu a amo, o quanto me orgulho de ser sua mãe, o quanto ela me faz falta....Mas o que são palavras nessas horas????Acho que a aninharia no meu peito e olharia dentro dos seus olhos, saboreando....desfrutando.....como dizem um olhar vale mais do que mil palavras.....e sempre nos conhecemos só de olhar.....Na verdade durante todo o tratamento, a Rayssa quando se sentia insegura, buscava em meus olhos, a segurança e a verdade que sempre eles transmitiram a ela. Por fim concluí....que não preciso de um minuto mas de uma vida....para amá-la....como desejei.....Como não posso tê-la dessa forma....decidi então fazer o oposto....E aqui estou Paizinho, te pedindo colo, te pedindo aquilo que desejaria fazer com minha pequena princesa....Te agradeço por me escutar não por um minuto, mas, todos os dias.....e por me lembrar do mais precioso....Eu jamais poderia valorizar tanto o tempo que não tenho, se um dia não soubesse a falta que ela faz....Eu jamais suportaria essa vida....se não tivesse aprendido que sem Ti tudo é passageiro.....Então silenciei a saudade e fiquei em paz.....afinal por que desejar um minuto, se um dia eu voltarei a ter uma vida eterna....sem horas, segundos ou dias para fazer tudo isso outra vez, outra vez, outra vez......vvvvvv

terça-feira, 29 de setembro de 2009

O resultado da punção, éra mais grave do que esperavamos!


Passaram –se alguns dias para a Ra ir se recuperando totalmente da cirurgia, a medica responsável ficou admirada por ela estar se alimentando tão bem, comia o tempo todo, dava muitas gargalhadas conversava o tempo todo, assistia desenho estava tão bem que a medica disse que poderia mandar ela para a pediatria e fomos de alta para a para ped, que foi bom para a Ra lá tinha a brinquedoteca para ela brincar, as priminhas podiam visitá-la e brincavam juntas foi melhor , nesse meio tempo a Rayssa foi encaminhada para uma avaliação de radioterapia no hospital (Santa Marcelina) era muito longe e fomos de ambulância a Rayssa ficou muito assustada com todos aqueles equipamentos, estava com sonda vesical já não conseguia andar, foi tudo muito assustador para nos duas, ficamos esperando um tempão e ela começou a se queixar de dor, muita dor na barriguinha, eu a levei no banheiro varias vezes ela gritava e soava de tanta dor, a medica que nos acompanhou era residente em oncologia e dizia mãe é manha ela só esta tentando chamar sua atenção, e minha filha desesperada de dor, eu havia levado uma pasta enorme cheia de documentos e exames que era necessário para a consulta, 2 cobertores grande pois estava muito frio, uma bolsa cheia de roupa para a Ra, estava com todas essas coisas e mais a Rayssa no colo, e a médica vendo a menina se debatendo de dor e alem de não fazer nada para aliviar a dor dela não me ajudava a segurar nada, teve um momento que joguei tudo no chão e socorri minha filha, ela simplesmente saiu para bem longe de nos duas e disse não suportar choro de criança manhosa, detalhe ela é “pediatra” e eu não podia fazer nada para aliviar a dor da minha filha, depois de 2 horas a ambulância voltou para nos buscar e no final das contas a Rayssa não fez a avaliação por que esqueceram de avisar o anestesista!. Assim que chegamos ao hospital a Rayssa não estava mais agüentando de dor procurei o medico responsável e na mesma hora o medico disse é evidente que ela esta com dor vamos medicá-la e fazer um exame, assim que ela foi medicada a dor passou e no exame constou que ela estava com infecção na urina em virtude da sonda, não precisa nem falar o que a medica que disse ser frescura ouviu né rs..... Assim que saiu o resultado do exame a equipe toda nos chamou para conversar, entramos em uma salinha e todos se sentaram em nossa volta, eu estava muito agitada pois havíamos acabado de chegar de outro hospital e passado muita raiva com a tal “medica pediatra”. O medico responsável já de cara nos disse: Como eu já havia dito que é muito grave o caso da Rayssa Val o resultado do exame só veio confirmar, o tumor é do tipo glioblastoma é maligno e inoperável, vamos fazer o que for possível mais já vou adiantar que não há muito o que fazer. Parei e respirei na hora não consegui absorver bem a informação, pedi se poderia me retirar e sai da sala fui para o quarto abracei minha filha bem forte e disse a ela que tudo daria certo.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Carta de agradecimento para equipe do hospital Mario Covas


Fortaleza, lutou até o fim, transpassando muralhas, muitas vezes vi a morte buscá-la, e ela a ignorava, como se dissesse: Ainda tenho forças, não quero ir agora, tenho uma missão a cumprir. É assim que ela era FORTE. Linda princesinha, única, um doce de criança, faltaria palavra para descreve- lá, eu a resumo em fortaleza, e acredito que Deus olhou aqui na terra e a viu e disse: Preciso desse anjo aqui no céu, para me alegrar, mas antes darei a ela uma missão, através da vida dessa menina farei grandes milagres, vou tocar corações tristes, machucados que nem acreditam que eu cuido deles, mostrarei que tudo esta nas minhas potentes mãos e no meu tempo, não importando o final da historia eu sempre faço o melhor por que eu sou fiel. E assim eu creio que aconteceu, eu como mãe esperava o milagre da cura de um tumor, mas o milagre que Deus queria operar através da vida da minha filha era alcançar corações, espero que tenha visitado muitos de vocês, esse é o maior milagre o homem reconhecer o poder de Deus, só ele sara o coração do homem, agradeço a todos por tudo o que fizeram pala minha filha, todo amor e atenção que foi dado a ela e a nós a família, até o ultimo momento. Quando se lembrarem dela lembre- se com muita alegria, pois foi isso que ela nos presenteou nos seus 4 anos e meio de vida, e quando tiverem uma adversidade e parecer que é o fim, quando parecer que falta motivação para a vida lembre- se, da Rayssa, que muitas vezes muitos de nós achávamos que não tinha mais jeito, ela lutava mais um pouquinho e nos impressionava com sua força, essa é a lição que ela nos deixou, lutarmos até o ultimo suspiro, mas agora que sua missão já foi cumprida ela foi para o seu merecido descanso, em braços muito melhores do que o meu, braços de Deus, e hoje só ficou saudades, sem dor, só as boas lembranças que são muitas. Fica o nosso muito OBRIGADO a todos, que foram maravilhosos para nós. Mãe, Pai e Avó.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Ela sempre superava!!!


Olá amigos demorei pra voltar né rssss... Desculpe-me mais estava com varias coisas para fazer, evento na minha congregação em meu trabalho, mais não que o blog não seja importante já virou parte da minha vida. Quero agradecer a Deus por a vida de algumas pessoas muito especiais, por a minha amiga Dany de Lucca pela nossa amizade de mais de 10 anos e ela mesmo de longe continua sendo tão carinhosa comigo (amo vc amiga), por as meninas do salão Studio K que Deus pois em meu caminho na hora da minha maior dificuldade, foram dedicadas e muitas vezes aliviaram minha dor com toda alegria delas (vcs são muito especiais meninas lindas, Camila quero sempre sua amizade), a minha tia tão querida Arlete que sempre me passa a maior força com todo seu amor (amo vc tia) e todos que passam e-mail carinhosos e de muita força para mim.

Voltando a historia.
Logo quando percebi que a Rayssa estava mais calma, deixei ela com a minha mãe (a vovó que ela tanto amava) e fui ao encontro da minha família e amigos na recepção do hospital, abracei minha irmã e chorei muito, todos foram muito prestativos comigo e com o Adalberto, estava minhas cunhadas, meus cunhados que dentro do possível tentaram nos consolar, fui para minha casa tomei um banho troquei a roupa e voltei para hospital, quando eu retornei para o hospital a Rayssa tinha variações de humor, hora ele se acalmava outrora ela ficava nervosa e agressiva, então o medico decidiu seda-la, mais o medicamento parecia não fazer efeito e uma nova dose foi dada porem o medicamente fez efeito inverso, invés de fazer ela dormir ela ficou a noite inteira acordada bem molinha chorando, delirando e eu não podia sair do lado dela segurando em sua mão, eu já estava a duas noites sem dormir foi difícil, mais eu só pensava em aliviar a aflição dela, logo quando amanheceu minha mãe chegou e ela ficou muito bem com a vovó, deixou eu descer para o carro para dormir um pouco, porem eu não conseguia dormir tamanha era minha preocupação parecia que em todo o lugar que eu ia eu ouvia ela me chamar. Quando eu voltei a medica chamou eu e meu esposo para conversarmos, disse que precisávamos assinar uma autorização para fazer uma punção, uma cirurgia muito arriscada, precisava tirar um pedacinho do tumor para saber o tipo de tumor, qual o grau, qual o medicamento seria usado para combate-lo, ficamos muito preocupados pois nos foi exposto todos os riscos que aquela cirurgia oferecia a ela, que eram muitos. Perguntamos qual as possibilidades de não fazermos a cirurgia, e era impossível sem o resultado da punção não saberíamos qual é o problema que estávamos enfrentando. Oramos a Deus pedimos direção a Ele e que ele estivesse naquela cirurgia e assinamos a autorização, no mesmo estante já passaram a data e o horário para nós, seria no dia seguinte de manhã, eu procurei o medico cirurgião o anestesista para mais informações, tirar minhas duvidas e eles me alertaram sobre o risco, não sei nem como expressar a sensação de impotência que sentimos, foi muito difícil. Chegamos no dia da cirurgia eu a acompanhei até a sala e tive que deixa-la, foram momentos terríveis, a cirurgia terminou no tempo previsto, ela superou todos os obstáculos voltou muito rápido da anestesia, conversando e pedindo comida que estava com muita fome, todos acharam engraçado o medico me chamou para conversar e me disse: Mãezinha sua filha é muito forte é impressionante a recuperação dela, e eu percebi que começaram as palavras de otimismo e aquilo alimentou minha fé, quando chegamos só recebemos palavras de desanimo mais nos não nos entregamos, ouvi que ela poderia morrer no trajeto e derepente já se ouvia falar em tentativas de tratamento, e eu cri de todo meu coração que Deus iria curar a minha filha. Ela já estava bem mais calma eu conversei com ela e expliquei que ela estava doente e precisava ser tratada e que o tratamento seria longo mais que tudo daria certo, ela entendeu e me disse: Ta bom mamãe eu vou esperar mais quando eu sair daqui você faz minha festa e me da minha mota elétrica e eu respondi que faríamos tudo que havíamos planejado, que só tínhamos adiado um pouco e ela acreditou em mim e se acalmou totalmente.
A Rayssa foi o melhor que Deus poderia ter me oferecido, como eu aprendi com ela, com sua paciência , tolerância , obediência como seria bom se fossemos assim com nosso Pai o senhor Deus sofreríamos bem menos, como um ser tão pequenino pode ser tão grande em minha vida. Essa semana senti muita saudades dela chorei muito, por falta o seu abraço mais em todos os momentos lembrava-me que ela enfrentava qualquer coisa só par não me ver chorar, então eu vejo com eu sou pequena por e fraca e que Deus fez a escolha certa escolheu ela que é tão forte para estar ao seu lado, tenho certeza que Deus mandou esse anjo para minha por 4 anos e meio só para ensinar como enfrentar as dores dessa vida com diguinidade assim como ela enfrentou, Deus escolhe os melhores. Quando dói muito em mim, eu falo para Jesus da um abraço nela por mim, pois eu sei que ela nem percebeu que largou a minha mão, não consigo mais continuar.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

O Diaguinostico, O Cancêr bateu em minha porta.


Ao chegarmos ao hospital fiquei muito assustada e perguntando a Deus por que minha filha estava passando por aquela situação, entramos pelo pronto socorro ai meu coração apertou, era muitos pessoas cada uma com um problema, havia dois jovens que havia sofrido um acidente e a menina gritava desesperada de dor a Rayssa estava muito assustada e eu não conseguia passar segurança para ela. Ficamos esperando uns 25 minutos que parecia ser eterno, logo veio uma equipe de médicos da oncologia, me pedirão os exames e logo o medico que veio na ambulância começou a falar, tudo que ele havia me dito repetiu para a equipe, as medicas ficarão quietas e não falavam nada, logo ele se despediu e elas vieram falar comigo, perguntaram como eu estava e o que eu estava sentindo, que eu me acalmasse que tudo daria certo, já estavam acostumadas a lidar com crianças com câncer, aquelas palavras ecoaram em minha cabeça “minha filha estava com câncer”, também disseram mãezinha esse medico é um pediatra ele não pode diaguinosticar a sua filha sem nosso parecer, nós somos especialista e naquele momento me surgiu uma esperança pensei será que elas vão examinar a Rayssa e vai dizer não é grave ou não tem nada... Pegarão o exame e abriram olharam juntas, abaixaram a cabeça e logo em seguida me disseram mãezinha ela vai internar agora, meu coração disparou e eu disse Dra. Minha filha não pode ficar aqui no meio de tanta gente com tantas enfermidades diferentes e tantos gritos de dor, ele disse claro que não ela vai para um quarto vamos subir, nesse momento acalmei um pouco meu coração por saber que não íamos ficar lá onde estávamos, no trajeto para o quarto ela começou a me dizer mãe o quadro da Rayssa é realmente muito grave o medico pediatra tinha razão, é um tumor muito agressivo e esta muito grande e pelo o local que ele esta não podemos operar ela, pois deixaríamos cheia de seqüelas em estado vegetativo, então vamos tratar esse tumor com radioterapia e quimiotepia, nesse momento já não sentia minhas pernas, ao chegarmos no andar eu vi escrito na porta UTI então parei e perguntei o que estamos fazendo aqui , ela me respondeu sinto muito mãe ela precisa ficar monitorada, ela pode parar a qualquer momento, meu mundo desabou, e por um segundo eu pensei minha filha estava correndo brincando e agora esta aqui. Quando entramos, as auxiliares pediram para que eu a tirasse do meu colo para deitá-la, a Rayssa chorava muito pois estava entendendo tudo que estava acontecendo, sabia que não ia embora , que iria ser furada de novo e teria que sair do colo da mamãe, eu a coloquei na cama e a auxiliar pediu para que eu me afastasse foi uma das piores coisas que tive que fazer com minha filha, elas tiraram a roupa da minha filha colocaram um monte de monitores nela, furaram muitas vezes, colocaram fralda nela foi terrível e eu tinha que assistir tudo aquilo de longe sem poder fazer nada e ela me gritava desesperada mamãe me ajuda, ta doendo muito, por favor mamãe não deixa eu sozinha, e ela não deixava os monitores arrancava estava descontrolada e a medica disse sai mãe ela esta vendo seu desespera e esta ficando pior, eu resisti mais fui obrigada a sair, a medica responsável por aquele plantão veio conversar comigo sobre o tratamento que serio extenso e doloroso, eu ouvia a voz da medica de longe ela percebeu que eu não estava dando atenção para ela, que estava muito preocupada por ela estar sem eu por perto, que pediu para eu voltar para o quarto com ela, quando eu cheguei no quarto a Rayssa esta cheia de fio peladinha, e muito nervosa tremia eu nunca havi daquele jeito, quando peguei na mãozinha dela ela gritou sai não me fura, e u disse sou eu a mamãe e ela ficou me olhando, me perguntando por que você me deixou sozinha mãe, e eu não conseguia nem falar, pedi para que ela se acalmasse e ela chorando soluçando me pedia tira agulha mamãe, aos poucos eu fui tentando tranqüiliza -La, expliquei que era para ficar boa e que logo, logo íamos embora ela como sempre muito boazinha me retribuiu com um carinho no rosto e me disse não chora mamãe daqui a pouco vai parar de doer meu bracinho não chora, só tira essa fralda mãe não sou mais bebezinho sou uma mocinha, nem vou chorar mais eu prometo. Ela era realmente um anjo, mesmo na situação de dor ela me confortava.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

PAI POR QUE ME DESAMPARASTE


Olá a todos demorei mais voltei e hoje vou contar mais uma parte de historia, mas antes gostaria de compartilhar um fato que aconteceu comigo nesse final de semana. Foi no domingo no final da tarde eu e o Adalberto fomos até a casa da minha sogra apenas para vê-la, quando cheguei lá vivi uma sensação nunca experimentada antes, a priminha da Rayssa (Duda) estava lá, quando eu entrei e havi der repente por alguns segundos o mundo parou em minha volta e eu perdi a noção de tudo, ela estava muito parecida com a minha bebezinha, não tanto fisicamente mais os trejeitos e eu senti um mix de sentimentos por ter alguém tão parecida e não poder abraçar, beijar e dizer vem com a mamãe e chamá-la pelo nome, já fazia algum tempo que nós não nos víamos, então ela me estranhou não quis vim para o meu colo então eu pensei, Meu Deus como pode alguém tão parecida mais não é a minha minha filha e eu não posso tocar foi muito difícil, meu esposo logo percebeu a situação e me chamou para irmos embora quando entramos no carro não podemos conter as lagrimas a sensação era muito estranha, pois sentimos que de certa forma matávamos um pouco de saudades, mais por outro lado não era a Rayssa, mas logo fomos para o culto e o Senhor nos confortou.
Continuação da Historia.
Logo após os exames veio o resultado de meningite viral e o pediatra me pediu para que eu me acalmasse, pois não havia motivo para pânico, eu logo o questionei por que todo aquele alvoroço da parte da equipe anteriormente, ele sem me responder se retirou logo em seguida eu fui atrás do medico Neurologista e comecei questionar ele me disse, não ainda estamos em estado de alerta em relação ao diaguinóstico vamos pedir um ressonância, fizemos o exame, não deu para ver direito o Neurologista pediu para que nos fizéssemos um exame em uma clinica particular, o convenio disponibilizou uma ambulância e fomos, quando cheguei no hospital a administradora nos chamou para conversar disse sentir muito mais o convenio não poderia cobrir as despesas(havíamos trocado o convenio dela em poucos dias antes), eu me desesperei, ela disse que por indicação medica iria tentar uma vaga no hospital Mario Covas tentamos recorrer de todas forma possíveis mais não conseguimos nada o maximo que conseguimos foi poder ficar com ela até conseguir uma vaga. No dia seguinte acordei com um medico pediatra me dizendo: Mãe alguem já veio conversar com você sobre o quadro da sua filha, e eu disse não estão esperando o resultado da ressonância, ele disse não precisa de resultado a sua filha esta em um estado muito grave, ela vai morrer, eu fique desesperada ele viro as costa e foi embora, em seguida nos avisaram que conseguiram a vaga e que a ambulância já estava vindo nos buscar pois ela não poderia ir em nosso carro, arrumei as coisas dela e fiquei aguardando, andando com ela no corredor até ela adormecer, o meu esposo subiu para o andar e me avisou que a ambulância já havia chegado, logo em seguida o medico chegou pediu para que eu me sentasse pois havia chegado naquele momento o resultado do exame, me sentei ele abriu o exame e balançou a cabeça que não, olhou para a enfermeira abaixou a cabeça olhou para mim e disse: Mãe sua filha tem um tumor no tronco do celebro é inoperável, o tumor esta muito grande e ela só tem no maximo 2 meses de sobre vida. Meu mundo se abriu eu não senti as minhas pernas, quando desci para ir para a ambulância eu vi uma UTI móvel, eu disse pra que tudo isso e me o medico que veio para nos acompanhar disse ela pode para a qualquer momento, era o mesmo medico que me acordou com aquela noticia bomba, ele me disse: Eu te avisei que era grave, quero te adiantar uma coisa ela vai sofrer muito com dores terríveis e nem morfina vai tirar a dor dela, acho que nem vai dar tempo de fazer radioterapia nela pois o tumor esta tão grande que a radio vai fazer ele inchar e ela vai parar, nem a quimioterapia vai ajudar, a Rayssa já estava acordada e escutando tudo que ele dizia e começou a chorar muito e me perguntou é de mim mamãe que ele esta falando vai doer em mim, eu fique revoltada e disse a ele cala boca fica quieto e ele me respondeu posso me calar mais é a pura realidade. E eu pensei Pai, Pai por que me desamparaste.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Deus cuida de mim, Ele cuida de ti.


Hoje quero agradecer a Deus por essa obra maravilhosa que ele esta fazendo em minha vida e na vida das pessoas que estão acompanhando esse blog, ontem recebi um noticia maravilhosa de transformação de vidas, mais quero conversar com essas pessoas que querem me conhecer pessoalmente e ouvir a historia da boca delas, para que seja escrito aqui a mais pura verdade, não vou escrever nenhuma mentira nem para me favorecer e nem para favorecer a minha crença, até por que Deus é soberano e não precisa da minha ajuda para ser glorificado, e eu quero me esvaziar de mim mesmo para o Senhor crescer em mim, pois as vazes ainda sou como Pedro o discípulo no inicio da sua conversão, as vezes sinto o peso da espada que insiste em estar na bainha, muito de nos somos assim e quando menos esperamos vem as adversidade e sacamos a espada tentando nos defender com nossas próprias forças, ai vem o acusador e tenta nos abater jogando em nossas face os erros que cometemos, trazendo o passado a tona e tenta nos dizer que não pertecemos a Jesus. Você deve viver essas situações no seu cotidiano, eu vivo essa situação todos os dias, eu nego a Jesus todos os dias. O QUE? Você deve esta se perguntando como assim, mas você também o nega! talvez todos os dias ou talvez toda semana eu não sei mais ele sabe. Quer saber quando? Quando alguém bate na sua face e uma vez de você dar a outra, você revida e dizendo comigo é assim, bateu levou. Quando alguém te pede pão e você oferece pedra por que te falta compaixão, temos tantos problemas que não conseguimos enxergar os problemas alheios. Eu andava pelas ruas e algumas vezes me deparava com crianças carequinhas por estarem em tratamento de quimioterapia e pensava “a tadinha Deus tem misericórdia” e logo esquecia por que eu não poderia imaginar que amanhã seria a minha filha naquela situação, e quando foi a minha vez quis mobilizar o mundo para orar por ela, entendem sei que não da para mobilizar o mundo para orar por todos os problemas que vemos, mas da pra se dedicar pelo menos por um, hoje eu vivo essa realidade! A alguns dias atrás Deus permitiu que eu vivesse uma situação muito difícil, uma pessoa ligou na minha casa em uma data que eu estava bastante sensibilizada, estava completando apenas 6 meses que a Rayssa havia ido morar com Jesus, uma pessoa ligou para mim me falou muitas coisas que me doeu, me acusou de sentimentos que não tenho mais no meu coração, que já tive a mágoa, mas Deus me curou e hoje isso é passado, me acusou de ter arquitetado uma situação por méra vingança, e a pior parte que Deus não era na minha vida mas sim o meu adversário, e eu me calei, pois justamente naquele dia eu estava tão triste que não havia levantado da cama o dia intero, e pior eu fiquei. Fui dormir pensando naquelas palavras elas batiam forte na minha cabeça e a dor virou um mix e eu só chorava, no outro dia orei ao Senhor e foi maravilhoso o Deus ministrou para mim, me senti especialmente amada naquele dia, e é por esse motivo que posto uma parte tão intima da vida, para que tudo seja para gloria de Deus entre erros e acertos. A angustia era tão grande que quis ficar sozinha e convidei o Senhor apenas ele para me fazer companhia, eu comecei a limpar minha casa e pedi a ele que igualmente limpasse meu coração, e no mesmo momento ele se manifestou a mim, as lagrimas caia no chão e Ele me disse: Quando Eu formei o mundo ande você estava, não preciso do homem para me ajudar nas minhas obras, tu és sim como Pedro que me segue, anda Comigo, propaga meus milagre e que Eu salvo, mas na adversidade saca a espada, mas assim como fui com Pedro sou com você, te acalmo, te consolo e exorto, mas Eu te exorto, para fazer com você o fiz com Pedro um servo que abandou as suas armar a sua humanidade para guerrear com as minhas armas mais contra o inferno, e sobre ele edifiquei a minha igreja. Entendem o que Deus quer ministrar nas nossa vidas, que não importa o que estão falando a seu respeito, hoje você pode esta abatido ou até em situação de erro, mas Jesus esta todos os dias ao seu lado para te remir de todos os seus pecados e o julgamento não cabe a homens mais sim e Ele, e eu me senti tão amada, mesmo sabendo que aqueles sentimentos não pertenciam mais a mim, mas eu precisava ouvir a voz do Senhor me dizendo, eu te limpei e te sarei. Saibam o Senhor não me pois hoje aqui remoendo feridas que já foram fechadas por acaso, se você estiver vivendo essa situação, seja a calunia, angustia, falta de perdão saiba que se você convidar o Senhor para contar suas dores ele tem essas palavras de consolo para você também, Ele te ama, te perdoa todos os momentos, te justifica não será preciso você sacar a espada Ele pelejara por vos e vos calareis, Deus tem lugares altos para te elevar coisa infinitamente maiores do que você imagina, não espere nada dessa terra, pois tudo vai ficar, todos os lugares que passo, todas as pessoas que me dão a oportunidade de falar eu levo essa esta mensagem, pois sei que o Senhor Deus esta tratando na minha humanidade mudando meu caráter, me esvaziando de mim mesmo, não é fácil estar aqui postando para varias pessoas expondo minha vida, declarando minhas imperfeições que são muitas, mas quero ser quebrantada para chegar na conversão como o Senhor quer para mim, espero que você reflita sobre o Deus quer para você, hoje peguei o computador sentei no sofá e comecei a relembrar do inicio da historia para começar a postar, mas o Espírito Santo me indúsio e me expirou a escrever essas coisa, sem falar mal de ninguém e sem a intenção de denegrir a qualquer pessoa, pois prefiro acredita que quando cometemos alguns erros nem sempre é o inimigo, mas apenas a espada que pesa, não poderia deixar de postar algo tão lindo que Deus fez comigo, não sou especial por ter devolvido ao Senhor a minha filha, pelo contrario fica até mais difícil se dirigir a Deus pois a saudades grita e por alguns momentos perco o foco e a voz de Deus parece estar bem longe, mais ai me lembro do Seu balsamo e como sou dependente dEle e como Ele tem cuidado de mim cada dia manda uma porção, e isso gera algo dentro de mim que não permite que eu fique cega ao ponte de não o ver, e surda para ouvir sua voz me chamar. Obrigada Jesus mesmo com tanta dor, sangrando eu sei em quem eu tenho crido.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

OS PRIMEIROS SINTOMAS




No dia 18 de agosto de 2008, em uma segunda-feira, as 11:00 horas da manhã a Rayssa acordou, eu ouvi os barulhos na cama e logo fui salda-la com um bom dia, como era de costume eu a peguei no colo e ela me presenteou com um lindo sorriso, fomos para a sala e eu a coloquei no sofá sentada, ela ficou assistindo desenho enquanto eu estava na cozinha acabando de fazer seu almoço, quando eu terminei fui dar banho nela, eu peguei no colo e a levei para o banheiro, ela ficou segurando em mim o tempo todo como se estivesse se desequilibrado, mais na correria eu achei que estava escorregando por que o chão estava molhado e com sabão , enfim não dei muita atenção estávamos encima da hora, quando eu me virei para pegar a toalha ela se soltou e caiu, chorou muito na hora eu a tirei do banheiro e ela parou disse esta bem, eu movimentei as perninhas, massageei as costinhas, estava tudo ok, coloquei o uniforme nela, arrumei seu cabelinho e dei almoço para ela, isso tudo ela estava no sofá, fui para a cozinha arrumar o lanchinho, voltei para a sala arrumei sua mochila e disse filha vou por a mochila perto do portão, quando o tio da piruá buzina você vem, ela disse ta bom e ficou sentada, essa era nossa rotina, em seguida o tio da piruá buzinou o portão já estava aberto e eu gritei vem Ra o tio chegou, e esperei ela demorou, achei estranho pois era eu chamar ela vinha correndo, demorou um pouquinho a Rayssa saiu andando bem devagar e puxando a perna direita, eu não acreditei no que eu vi naquele momento eu perdi as forças das minhas pernas e senti um grande aperto em meu coração, corri em direção a ela e perguntei filha esta doendo a perna, foi do tombo, ela disse não eu cai mas bati do outro lado mais não esta nada doendo, minha mãe no mesmo estante me disse isso não é do tombo, tem alguma coisa errada, eu me desesperei e a Rayssa percebeu e me perguntou o que foi mãe eu to machucada, a tia da piruá percebendo meu desespero disfarçou e a colocou para dentro da piruá e me disse: Kátia você esta muito nervosa, deixa ela ir comigo e você a pega na escola, vai ser melhor esta assustando ela. Entrei em casa mil coisas passava por minha cabeça, pensei que fosse paralisia infantil peguei a carteirinha de vacinação estava tudo em dia, fique desesperada liguei para o (Adalberto meu esposo) e contei o que havia acontecido, ele disse me espera que eu estou indo pra casa vamos leve-la ao medico, enquanto eu arrumava uma bolsa com outra roupa para ela, ele chegou veio muito rápido, fomos buscá-la na escolinha ia começar a aula ela estava tirando foto com os colegas, quando eu vi minha filha apenas 30 minutos mais tarde, não pude acreditar ela estava puxando totalmente o perna e o braçinho estava dobrado a boquinha meia torta foi um choque, meu esposo não acreditou no que viu, ela veio correndo ele pegou pois ela ainda não tinha tomado conta que nem conseguia andar sozinha, ela ficou muito feliz ao velo e disse papai aconteceu alguma coisa pra você vim me buscar, eu ainda nem tomei meu lanchinho para ir embora, ele com o choro travado na garganta, a abraçou e disse mamãe disse que você caio no banheiro e o papai ficou preocupado vamos ao medico tudo bem , e ela concordou na condição que pudesse tomar o lanchinho no caminho e fomos para hospital e ela não parava de cantar um só estante, e fazendo muitas perguntas sobre sua festa que estava chegando, sobre sua moto que o papai não poderia esquecer de comprar, com a maior inocência. Quando chegamos no hospital, já fomos para a emergência o medico muito atencioso já nos disse: Esse é um caso neurológico vou transferi-la com urgência para um especialista, não quis espera a ambulância disse pai o Sr. esta com veiculo, então pega a sua filha e corre para o outro hospital, ficamos muito assustados e fomos correndo, quando chegamos lá um equipe já nos aguardava e o especialista já havias sido chamado, no mesmo estante ela já foi internada, o pediatra para adiantar o trabalho pediu para colher o lico da espinha, e eu não estava sabendo de nada, simplesmente entraram em uma salinha e me disseram segura ela nessa posição, quando fui questionar o procedimento o medico me disse, quer salvar a vida da sua filha faz o que estou pedindo, eu e meu esposo seguramos a Rayssa e foi terrível, ela gritava e o medico fazia cara feia, o verdadeiro circo dos horrores, eu nunca tinha visto nada parecido com o tamanho daquela agulha perfurando as costa da minha filha, quem já fez esse exame diz que é um dor terrível, logo após a colheita do exame, ela tinha que ficar de repouso absoluto por 2 horas sem se levantar, entre esse meio tempo a aux. de enfermagem veio colher um exame de hemograma, quando ela entrou no quarto ela disse para a Rayssa que precisava dar uma picadinha nela que não doeria nada, a Rayssa começou a chorar e disse dói muito não vou deixar, a auxiliar disse, então vou furar sua mamãe ta bom, no mesmo estante ela deu um grito e disse: NÃO, MINHA MAMÃE NÃO, levantou a blusa virou as costa e disse pode me furar eu prometo não vou chorar, naquele momento eu vi o tamanho do amor da minha filha por mim, e eu não podia fazer nada pra mudar aquela situação, não podia me por no lugar dela e reconheci o tamanho da minha impotência, ela deu o bracinho e me disse mãe segura na minha mãozinha e não deu um piu por mim, eu a abracei e desejei de todo meu coração que tudo aquilo acabasse ali, mas Deus tinha outros propósito Ele queria me ensina muitas outras coisas, eu achava que o bem estar da minha filha dependia de mim, que eu poderia protegê-la de todo mal, que tudo estava nas minhas mãos e no meu quere, e diante daquela situação eu viu que tudo estava no quere de Deus, no controle dele e as mudanças dependia dele e não de mim, eu sempre dizia que ele estava na frente de tudo mais era só da boca pra fora , mas Deus sonda o profundo do nosso coração, e eu vi que deveria se totalmente dependente de Deus, eu achava que era , mas na verdade não era, por que tudo me ia bem, e em um estralar de dedos, a situação estava adversa a minha princesa estava em um hospital com um doença sem diaguinóstico certo mas já sabíamos que era grave. E toda minha segurança caio por terra, as vezes erramos por amar demais involuntariamente, amamos tantas coisas antes de Deus, e amamos tanto, tanto que achamos que nas nossa mão estão mais seguras e nem percebemos que fazemos isso deixamos Deus para um 2º plano, mais Deus sabe se colocar em nossas vidas. Bom por hoje é só essa historia é muito difícil de ser lembrada, mas Deus esta me curando a cada dia e quem sabe através dessa historia você possa ser curado, pois só enxergamos nossos erros quando Deus nos trás a ele.OBS: QUERO AGRADECER A TODOS QUE TEM ACOMPANHADO ESSA HISTORIA, TENHO RECEBIDO MUITOS RECADOS E FICO MUITO FELIZ DE SABER QUE ESTOU PODENDO AJUDAR OUTRAS PESSOAS, POIS O DIA QUE EU SENTIR QUE ESTA HISTORIA ESTA SENDO JOGADA AO VENTO, NÃO ESTA SERVINDO PARA NINGUÉ, ENTÃO EU ME CALAREI, MÃEZINHAS QUE ESTÃO ME ACOMPANHANDO NESSE BLOG, NÃO PARE DE LUTAR, DEUS É UM DEUS DE MILEGRE SE ELE QUISER ELE CURA.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Hoje a uma linda festa no céu

Festinha de 4 aninhos no hospital, Rayssa, Mamãe e Papai.

Hoje escrevo com o coração mais apertado pois é o seu primeiro aniversário longe de nós. Ouço uma música que diz que: Só para estar com vc eu faria tudo de novo!!!

E isso traduz bem o que sinto. Não houve nem haverá jamais um dia que não tenha valido a pena. Tudo que passamos se tornou alicerce para o que vamos viver. Porque Deus é um Pai infinito em misericórdia. Imagino hoje a linda festa que Cristo está fazendo para você. Há tantos amigos seus aí em cima não é mesmo????

Mas eu na minha pequenez me entristeço de saudade. Ainda perduram alguns hábitos....difíceis de perder....

Há tanto que eu queria ter lhe ensinado, lhe mostrado, compartilhado com vc.

Há os lugares que jamais visitaremos, as músicas que não cantaremos, os filmes que não serão vistos.

Hoje não sofro menos que ontem, hoje seria um dia de uma grande comemoração, era tão difícil todos entender que não era por ninguém, era só por vc, festejava por ter vc ao meu lado, me trazendo tanta alegria. Eu sempre dizia pode tudo ir mal, por mim não tem problema pois o meu bem maior esta ao meu lado, mas agora esta tudo vazio sem vc.

Tem tantos beijos que eu vou ter que guardar. Tantos abraços .....tanto colo e as sonecas????

E a cabecinha colada....o esconde-esconde debaixo a coberta com o papai. As brincadeiras que vc fazia. Hoje eu mais uma vez acordei sem a mãozinha me fazendo carinho. Hoje orei sem vc.

Sei que vc tem aprendido coisas tremendas....muito mais do que aqui poderia aprender. Jesus tem me mostrado muitas coisas. Vc era necessário aí. Porque Deus busca verdadeiros adoradores.

E aqui é um fragmento da eternidade que Deus tem para aqueles que vencerem.

E isso me impulsiona....o amor de Cristo. A presença e o amor que hoje vc tem direto na fonte, não é meu florzinha???

A saudade, é como um espinho na carne. Porque ela nos imputa o tempo todo o quão pequenos e frágeis somos. Mas, ela também é uma ponte....pois, pode nos levar ao coração do Pai.

Não há nada que eu possa lhe oferecer hoje que Jesus já não tenha lhe dado. Apenas algo eu me comprometo a fazer:

Amarei a Deus todos os dias, tendo a perfeita fé de que Todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus. Pois eu quero te reencontra, te abraçar novamente e ouvir sua voz me chamar mamãe. Anseio por esse dia, pois tudo ficou preto e branco sem vc, tudo perdeu a essência a alegria, mais eu sei que quando nos encontrar novamente, nunca mais vamos nos separar minha guerreira.

Esse tem sido meu consolo e fortaleza. Quanto mais perto de Cristo eu chego, mais eu percebo que Jesus é bom. E o quanto vc é especial. Pois fez a escolha certa.

O que uma mãe pode querer para uma filha, que vc não tenha alcançado.

As conquistas aqui na terra não impressionam a Deus.

Nada que eu faça, que eu crie, que me valorizem, me admirem vão impressionar a DEus.

Mas tudo que eu sacrifico por amor a DEus, gera algo no mundo espiritual.

Eu amaria te-la aqui bem pertinho. Ir na sua escola, vê-la se formar, se tornar um mulher de DEus. Honrar sua família. Porque esses são nossos valores. Mas, Cristo tinha outros planos para nós....

Isso não me deprecia, nem me engrandece. Não me faz mais especial ou menos. Só me faz ser agradecida. Por ter conhecido e amado, ainda que tivesse sido só por um segundo, um minuto, ou 4 anos e meio de vida. Deus me deu essa oportunidade. E eu te agradeço Jesus, por ter me selecionado para essa tarefa tão maravilhosa. Pois um filha como o Rayssa é um milagre.

É uma benção....

E eu não sou digna de nenhuma delas, e o Senhor achou graça em mim. E a sua Graça me Basta!!!

FELIZ ANIVERSARIO MINHA DESBRAVADORA GUERREIRA!!!!
VOCÊ SEMPRE FOI MAIS DO QUE MERRECI, SEMPRE FOI MELHOR DO QUE EU, ME OFERECENDO MAIS DO QUE EU PODERIA RETRIBUIR.

NÃO VOU TE CHAMAR DE ANJO....PORQUE OS ANJOS VÊEM A DEUS....NÓS ESCOLHEMOS AMÁ-LO SEM O VER.....SOMOS MAIS PRECIOSOS PRA CRISTO.

E VC OUSOU AMÁ-LO NO SOFRIMENTO....TEM AMOR MAIOR?!

TE AMO, HOJE E SEMPRE!!!!

PARABÉNS PELOS SEUS 5 ANINHOS!!!!
Essa musica dedico a Você Filha!
Voa minha ave,Voa sem parar viaja pra longe
Te encontrarei em algum lugar, permeneço em ti
Como sempre foi ,Mais perfeito e mais fiel
Mesmo sozinho eu sei Que estas perto de mim, Quando triste olho pro ceu
Quando eu te vio sonho aconteceu
Quando eu te vi meu mundo amanheceu
Mas voce partiu sem mim, eu sei que estas em algum jardim
Entre as flores
Anjo tao amado anjo bem sei que estas e eu dobrando sono
Ei de acordar para teus olhos ver uma vez
Mas....o verdadeiro amor espera uma vez mais
Quando eu te vi o sonho aconteceu
Quando eu te vi meu mundo amanheceu
Quando eu te vio sonho aconteceu
Quando eu te vi meu mundo amanheceu
Mas voce partiu sem mim
Eu sei estas em algum jardim entre as flores